Vamos compartilhar idéias!?Não é necessário ter blog,apenas email para participar do Ateliêr Artes!

23 de outubro de 2014

MÃE À MODA ANTIGA



Acho que as feministas, modernistas não vão gostar muito desse post :)
Sim... eu parei de trabalhar fora (pq dentro...) pra cuidar da minha casa. Aprendi lavar, passar,
cozinhar, bordar ...


Acompanhei cada etapa do crescimento das minhas filhas, as festinhas no colégio, o dentinho caindo,
a primeira queda de bicicleta, as novas amiguinhas, os desenhos preferidos...

Estou sempre sentada à mesa nas refeições, perto no pedido de ajuda, na lição escolar,
na hora de estudar para a prova.

Claro, fui bombardeada com críticas, deixei de ganhar dinheiro, ter uma carreira,
cabelo escovado, unha feita e salto toda manhã... no lugar cabelos soltos, base incolor e tênis.
Mas, o que eu tenho na minha mente, nos abraços apertados, no pulsar do meu coração
ninguém me tira.

Passei muitos apertos, apuros, aprendi, ensinei e mesmo nadando c-o-n-t-r-a a maré
deste mundo atual, corrido, sufocado, ganancioso... eu faria tudo de novo da mesma forma!




Me alegro em lembrar de todos os dias vividos.
Ser mãe sem manual não é fácil... e querer ser mãe à moda antiga
é um desafio... e eu tenho amado cumprir cada etapa!


Minha colheita tem sido:
Filhas responsáveis, que respeitam pai, mãe e os mais velhos.


Cada fase em seu lugar!
Nunca concordei em ser adulta na infância, danças e música obscenas, palavrões...

Hoje tenho amigas em casa, que pedem permissão para sair, fazem suas orações, estudiosas e sorridentes, sonhadoras, adoram ler, escrever, fazer artes ... brincar!


Não!... não sou e nunca serei feminista. Sou feliz sem o 'muito' lá de fora, aprendo com minhas
limitações e sou grata ao Senhor pela oportunidade de viver em novidade de vida!


" Ensina a criança o caminho que deve andar 
e ainda quando for velho, não se desviará dele. " - Prov. 22:6


Texto adaptado da Amehlia Digital, que reflete também o meu pensamento!





5 comentários:

  1. Minha mãe também foi assim, deixou de trabalhar para cuidar de mim e cuida até hoje pois sou cadeirante e mesmo sendo independente ainda preciso dos seus cuidados. Mães são verdadeiros anjos.

    ResponderExcluir
  2. Fiz o mesmo por opção e sou feliz ! Cuidar da família é um trabalho que não tem valor para muitos ( melhor é ter ordenado, carreira e vida social ) mas para mim, foi e continua a ser um prazer ! E sou feminista ! Uma coisa não impede a outra ! Pode-se ser mãe a tempos inteiro e querer os mesmos direitos que os homens.
    Há que ter orgulho !
    Um bom fim de semana !
    Anna

    ResponderExcluir
  3. Oi Jacqueline! Como está?
    Quem poderá criticá-la se agora colhe os frutos de suas escolhas? Cada um tem apenas uma vida e deve escolher vivê-la da maneira que achar mais conveniente. Se foi para para o bem geral, as escolhas foram acertadas e o sucesso é a paga. Mas não é uma questão de ser feminista ou não, querer os mesmo direitos que os dos homens e se igualar a eles. Cada pessoa humana deve fazer valer sua estada neste belo planeta e se está feliz agora é porque deixou nele (filhos) sua marca! Seja mais feliz ainda!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Tudo bom?

    Desculpe so retribuir a visitinha agora. Voltei de viagem e minha casa está uma loucura!!! Vi seu recadinho com os itens que você mais usa e vou providenciar os mimos com muito carinho. Se Deus quiser na semana que vem envio para não correr o risco de chegar depois do Natal.
    Me mande por e-mail o seu endereço para que eu possa encaminhar os seus mimos.´
    (gabriella.pires@gmail.com)

    Beijos,
    A Mãe da Estela

    ResponderExcluir
  5. Ser mãe é realmente difícil, mas gratificante.
    bjs
    Maristela

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário :) e pela visita...
Thank you for your comment :) and for the visit.
Merci pour votre commentaire :) et pour la visite...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...