Vamos compartilhar idéias!?Não é necessário ter blog,apenas email para participar do Ateliêr Artes!

26 de janeiro de 2013

COMO VENCER A DEPRESSÃO



A depressão pode ser originada por fatos específicos, como morte de uma pessoa querida ou doença, mas também pode resultar da soma de pequenos eventos que acontecem ao longo de nossa vida que não são completamente superados.
 

 
 
 
Pensando no seu bem-estar e para te ajudar na busca de mais alegria e satisfação aí vão algumas dicas para você se manter bem longe da depressão:



1. Mexa-se!
 
 

Para depressão leve a moderada, exercícios físicos podem funcionar melhor do que antidepressivos:
Não fique parado. Vários estudos já confirmaram que exercícios frequentes podem ser um poderoso renovador de ânimo e ajudam você a tratar a depressão. Tudo de que você precisa são 20 minutos de exercícios aeróbicos 3 vezes por semana. Caminhar, erguer pesos, pular corda, andar de bicicleta, qualquer exercício funciona.



2. Alimentação X Depressão:
 


Se você está seguindo uma dieta com alto teor de proteínas, a falta de carboidratos pode estar contribuindo para a tristeza. Alimentos como frutas e legumes, feijões e grãos integrais ajudam o cérebro a produzir serotonina, substância que regula o humor.

Coma peixe três vezes ou mais por semana. Pesquisadores finlandeses descobriram que as pessoas que comem peixe menos de uma vez por semana têm incidência 31% maior de depressão leve a branda do que as que comem peixe com mais freqüência. Atum, salmão, sardinha e cavala são as melhores opções, pois são ricos em ácidos graxos ômega-3, essenciais para a função normal do cérebro. Há evidências de que influenciam a produção de serotonina.

Se tiver o hábito de tomar café ou refrigerantes, reduza o consumo ou mesmo corte-os do cardápio. Pesquisas demonstram uma ligação da cafeína, que suprime a produção de serotonina, com a depressão. Nada de álcool.



3. Coloque a tristeza no papel:
 
 

Registre seus sentimentos num diário - especialmente os sentimentos ruins, como ansiedade, tristeza, dor, medo, dúvidas, remorso etc. Pesquisas demonstram que o estado psicológico das pessoas que escrevem todos os dias durante 20 minutos sobre suas emoções mais dolorosas apresentam melhora impressionante depois de apenas 4 dias. Sente-se com uma folha de papel em branco à sua frente e escreva sem parar sobre o evento mais angustiante que já teve na vida. Não pense, apenas escreva.



4. A fé como tratamento:
 
 


Assista aos cultos da sua igreja ou templo. Um estudo com 4.000 pessoas da terceira idade revelou que as pessoas que frequentavam regularmente igrejas reduziam em 50% a probabilidade de ficarem deprimidas em comparação com aquelas que não frequentavam.





5. Durma bem:
 
 



Estudos mostraram que as pessoas que dormem menos de 8 horas, durante noites seguidas, tendem a apresentar índices menores de serotonina, substância que regula o humor e ajuda no combate da depressão, do que aquelas que têm noites de sono completas. Para garantir uma boa noite de sono, tente ir para cama à mesma hora todas as noites e se levantar à mesma hora todas as manhãs, mesmo nos finais de semana.



6. Desligue a TV:


 
 
Pesquisas sugerem que quanto mais tempo você passa assistindo televisão, mais seu ânimo se abate e a depressão pode aparecer. Assistir horas seguidas de reprises, maratonas de filmes ou jogos pode parecer um bom recurso para aliviar o estresse e se divertir, mas estudos demonstraram que, ao contrário, as pessoas que vêem televisão por muito tempo normalmente apresentam sentimentos acentuados de isolamento.



7. Descubra a causa da depressão:


 
Talvez você tenha tido uma experiência traumática. Ou talvez, sem razão aparente, você simplesmente se sinta triste e vazio.

Situações como divórcio, morte, mudança de casa ou de emprego podem causar sensação temporária de tristeza, pela vivência da perda ou pelos novos desafios a serem enfrentados. Quase todo mundo tem uma depressão leve em algum momento da vida.

No entanto, se sua tristeza durar mais que duas semanas, ou se for acompanhada por alterações do sono e do apetite (comer e dormir muito ou não comer e nem dormir absolutamente) e redução da capacidade de concentração, é possível que você precise de tratamento.


Revista Seleções|Fotos: Getty Images|Pátio Gospel Noticias


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário :) e pela visita...
Thank you for your comment :) and for the visit.
Merci pour votre commentaire :) et pour la visite...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...